LEV DESIGN

Marketing de Conteúdo para Arquitetos: Como atrair mais Clientes

compartilhe

Trabalhar na internet tem lá suas peculiaridades. Nesse sentido, é preciso saber como atrair mais Clientes através do Marketing de Conteúdo para Arquitetos.

Embora grande parte dos Arquitetos e Designers de interiores já investe em Marketing Digital, nem todos sabem como fazer Marketing de Conteúdo na prática.

Acontece que o Marketing de Conteúdo para Arquitetos e Designers é algo bastante simples, desde que você esteja se adaptando às exigências digitais.

Isso porque, essa estratégia consiste em produzir conteúdo digital relevante à sua Persona. Ou seja, um conteúdo que atraia seu cliente em potencial.

Isto é, o Marketing de Conteúdo é uma estratégia que visa oferecer materiais ricos que despertem o interesse do seu público.

Leia também: “Autogestão para profissionais criativos e autônomos”

Formatos de Conteúdos Digitais

Em suma, o Marketing de Conteúdo para Arquitetos e Designers pode ser feito da seguinte forma:

  • Você pode produzir textos para sites e blogs;
  • É possível criar uma Newsletter semanal;
  • Dá para criar infográficos e vídeos educacionais;
  • Publicar vídeos no Youtube;
  • Você pode oferecer e-books gratuitos dentro do seu site.

Mas existem diversas outras formas de fazer marketing de conteúdo. Como por exemplo, criar um Podcast sobre dicas de decoração e reforma. O que é muito bacana de se fazer!

Por que investir em Marketing de Conteúdo?

02

A saber que você pode fazer marketing na internet de diferentes formas, por que investir nessa estratégia?

Em primeiro lugar que, se você não está fazendo marketing de conteúdo, saiba que seu concorrente está!

Essa premissa já seria o suficiente. Mas, para te convencer de que é fundamental trabalhar o Marketing de Conteúdo na sua empresa, entenda que esta é a única maneira de se tornar referência no mercado.

Ou seja, quando você fala sobre determinado assunto na internet, passa a ter sua imagem associada ao tema.

Isto é, as pessoas começam a lembrar de você quando precisam encontrar alguma informação específica sobre aquilo que você aborda.

Por exemplo, se você oferece um material sobre “arquitetura moderna” e conquista a confiança do público – obviamente, que as pessoas que se interessam pelo tema irão até você com mais frequência. Pois te enxergam como referência no assunto.

Você também vai querer ler: “Como desenvolver seu processo criativo”

Pilares do Marketing de Conteúdo para Arquitetos

03

Basicamente, existem dois pilares essenciais:

Blog

O primeiro deles é o blog de arquitetura. Afinal, se você realmente quiser conquistar mais clientes, precisa gerar tráfego para o seu negócio.

E não existe nada melhor do que o blog para fazer essa mágica acontecer.

Através do blog você consegue atrair usuários da internet que estejam interessados nos assuntos abordados em seu site.

Mais à frente vamos abordar um pouco mais sobre o poder do blog. Continue lendo…

Redes Sociais

Com toda a certeza do mundo você já sabe que as redes sociais são ferramentas incríveis para explorar todo o potencial do Marketing de Conteúdo, não é mesmo?

Afinal, através delas você consegue publicar diversos formatos de conteúdo digital, como fotos, vídeos etc.

Portanto, dentro do Marketing de Conteúdo para Arquitetos e Designers, é imprescindível ter uma estratégia bem elaborada de mídias sociais.

Isso significa que você deve oferecer:

  • Posts com dicas e truques de “como fazer”;
  • Criar Stories mostrando o processo dos projetos;
  • Interagir com a audiência por meio de enquetes e pesquisas;
  • Usar #hashtags relacionadas aos assuntos que você aborda em seu perfil.

Tudo isso irá te ajudar a estreitar os laços com os seguidores, fazendo com que muitos deles se transformem em clientes.

Marketing de Conteúdo para Arquitetos

04

Agora anote aí algumas dicas importantes que irão te ajudar a montar sua estratégia de conteúdo:

Foque no seu Público-Alvo

O princípio do Marketing Digital, como um todo, está no público-alvo.

Portanto, tudo o que fizer precisa estar alinhado aos desejos de seus clientes (mesmo que você não tenha nenhum, pense nos que estão por vir).

Todo o conteúdo a ser distribuído deverá responder as dúvidas e inquietações da sua audiência.

Isso quer dizer que, o cliente quer entrar em seu blog e visualizar um conteúdo focado em resolver seus problemas. Ponto final.

Você pode até publicar um conteúdo ou outro sobre o seu negócio e o seu projeto. Mas para isso, existem os blogs ou as páginas institucionais da empresa.

Lembre-se que o objetivo do Marketing de Conteúdo é resolver o problema do usuário. E isso precisa ser prático e objetivo!

Estude Palavras-Chaves relevantes para o seu Negócio

No Marketing de Conteúdo existe um termo designado para representar os principais temas de um texto: palavra-chave.

A palavra-chave é quem dita as regras de um conteúdo digital.

Portanto, antes de sair escrevendo qualquer coisa em seu blog ou redes sociais, é importante ter suas palavras-chaves bem definidas.

E um jeito inteligente de começar a encontrar boas palavras-chave para seus conteúdos, é investigar os sites dos concorrentes.

A saber que os concorrentes também estão criando conteúdos para lidar com as dores dos clientes – é sinal de que no site deles existe algo que seja interessante, certo?

Mas como descobrir a palavra-chave usada pelos concorrentes?

Através dos planejadores de palavras-chave. Vamos deixar aqui dois exemplos:

  • Übersuggest (gratuito) – Você pode comparar seu domínio com o do concorrente e verificar quais termos estão ranqueando as páginas deles no Google.
  • Keyword Planner (gratuito) – Além de visualizar as palavras-chave dos concorrentes, é possível definir estratégias de SEO a serem adotadas por você em suas próximas ações de tráfego orgânico.

Produza Conteúdo focado em SEO

Se você caiu de paraquedas no Marketing Digital vai ouvir falar muito do SEO (otimização para os motores de busca).

As técnicas de SEO são um conjunto de estratégias que melhoram o posicionamento das suas páginas no Google e em outros buscadores da internet.

Nesse hiato, você precisa produzir um conteúdo focado em SEO.

Mas, como fazer isso?

  • Publique um artigo original – O Google odeia cópias e penaliza sites que fazem isso);
  • Crie um conteúdo escaneável – O artigo precisa ser fácil de ler. Por isso, quebre os parágrafos, use cabeçalhos e listas, utilize negrito e itálico e adicione mídias;
  • Escolha um título que converte – Desperte o interesse do usuário pelo título. Use gatilhos mentais;
  • Não esqueça da Meta Description – Ela vai resumir seu artigo em poucas palavras;
  • Alt tag nas imagens é fundamental.

Além disso, você pode caprichar nos seguintes quesitos:

  • URL Amigável
  • Links internos
  • Links externos
  • CTA’s

Outras Dicas Práticas de Marketing de Conteúdo para Arquitetos

05

E para finalizar esse conteúdo com chave de ouro, vamos deixar um bônus com dicas práticas:

Diversifique o formato dos conteúdos

Mesmo que você use apenas o blog para gerar conteúdo para audiência, é importante diversificar.

Publique artigos com imagens, mas também publique vídeos e infográficos.

Essa ação desperta o interesse do usuário por explorar o seu blog como um todo.

Ofereça Iscas Digitais

Se possível, ofereça um e-book, um curso ou algo do gênero, gratuitamente, dentro do seu site.

Através dessa solução você ganha um voto de confiança e consegue cativar os usuários, fazendo com que voltem mais vezes.

Mantenha a periodicidade nas publicações

Um grande erro das pessoas é acreditar que para fazer Marketing de Conteúdo basta publicar 1 vez no mês.

Isso não é verdade!

Blogs que publicam até 4 conteúdos por semana conseguem gerar 3x mais leads e até 8x mais tráfego orgânico.

Tudo bem se você não conseguir produzir conteúdo nessa frequência, mas é importante manter a periodicidade, com pelo menos 2 posts por semana!

Agora que você já sabe tudo isso sobre Marketing de Conteúdo para Arquitetos que querem captar mais clientes, assine nossa Newsletter e receba mais dicas como essas!

Continue lendo

Outros Artigos

Qual é a lição que podemos tirar do Fyre Festival

Uma das questões que mais negligenciamos no nosso dia a dia é o planejamento das nossas tarefas. 
É possível enxergar em diversos seguimentos como a falta de planejamento pode acabar facilmente com uma empresa ou o trabalho de uma pessoa. 
Um grande exemplo disso é o evento Fyre Festival. O caso ocorreu em 2017 e até hoje é lembrado pela velocidade em que chegou ao gosto do público, e principalmente na rapidez em que virou um verdadeiro fracasso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.