LEV DESIGN

Como se comunicar com arquitetos e clientes

compartilhe

A comunicação correta é essencial para que você consiga explicar seu projeto e mostrar para o cliente como as coisas são feitas em uma obra… Mas muitas vezes o que para nós é um simples desenho, para o cliente é grego.

Vamos ao seguinte exemplo: Provavelmente você já se deparou com uma ambulância no trânsito.

Porém, será que além das sirenes ligadas e do alto ruído produzido por elas, você já percebeu que o nome ‘ambulância’, geralmente está escrito ‘ao contrário’?

Não são todos, mas a grande maioria possui seu nome escrito com as letras em uma ordem inversa.

Nesse caso, o nome fica assim: “AICNÂLUBMA”.

Será que isso faz algum sentido?

Pzr incrível que pareça, nesse contexto faz todo o sentido!

A intenção da escrita ‘inversa’, é facilitar que os veículos à frente possam ler com clareza o nome da ambulância, através do retrovisor.

Para então, abrir passagem rapidamente, a fim de contribuir para que os socorristas cheguem o quanto antes no hospital e possam salvar uma vida.

Em função disso, por mais estranho que isso possa parecer, essa escrita é extremamente útil e funcional no cenário em que está inserida.

E como isso se aplica na Arquitetura e Interiores?

projetando para cliente

Veja bem, nesse exemplo a linguagem foi modelada para uma audiência específica, com o intuito de atender determinada finalidade.

Sendo assim, perceba que nossa profissão requer adaptação da linguagem, afinal, geralmente nossos clientes não dominam nosso vocabulário técnico – e isso nem é obrigação deles!

Portanto, o que nos resta como solução viável, é aprimorar nossa linguagem para estabelecer uma conexão profunda e direta com nossos clientes, colegas de profissão e colaboradores.

Mais precisamente no que diz respeito ao desenvolvimento dos projetos 3D, isso pode ser aplicado de um jeito leve e bastante prático.

Desde que você esteja atenta(o) às possibilidades que estão sendo levadas até você.

É comum dizerem para nós, que apesar das novidades do mercado, é difícil tentar experimentar outras possibilidades.

Sobretudo, na flexibilidade de uma nova abordagem com o cliente, ou com os colegas de escritório e/ou, o próprio chefe.

Contudo, hoje queremos te mostrar que a vida do profissional de arquitetura não precisa ser engessada e pode ser diferente.

O que fazer para melhorar o entendimento com o cliente e deixar o projeto mais objetivo?

apresentando para o cliente

Primeiro, você deve se perguntar o seguinte:

“O que tenho feito para aprimorar minha comunicação com o cliente?”

A partir dessa reflexão, você conseguirá seguir para os próximos passos.

Vamos deixar aqui os pontos que consideramos mais importantes para te ajudar a melhorar o seu modo de conversar, tanto com o cliente, quanto com as outras pessoas do seu convívio:

1º – Primeiro entenda, depois seja compreendido

entendendo o cliente

Pois é, se antes de tudo você não tentar ouvir e prestar atenção no que está sendo dito pelo outro, dificilmente alguém irá aceitar ‘de primeira’ o que você diz.

Por exemplo: você trabalhou por horas e horas em um desenho técnico. E finalizou, pois acredita que ele está perfeito.

E então, resolve mostrar para o cliente. Só que ele por sua vez, não entende muito bem e decide que é melhor fazer modificações ou até refazer o projeto.

Você até sabe que não tem muito o que mexer no desenho, contudo, não faz ideia de como explicar seu trabalho para o cliente, a fim de convencê-lo a aceitar as suas soluções.

Temos aqui, um problema que poderia ter sido resolvido antes do início do desenho técnico.

Nesse caso, o que deveria ter sido feito era: ouvir com atenção cada frase colocada pelo cliente, dessa forma, você saberia que seria necessário criar uma apresentação mais contundente, com uma linguagem mais adequada ao perfil dele.

Mas isso poderia demandar mais horas de trabalho, certo? Errado!

Isso evitaria retrabalho e melhoraria seu desempenho em relação ao processo de produção.

2º – Não projete suas ideias nos outros

05

Ainda que você…

  • Acredite que o Autocad seja insubstituível;
  • Dúvida que é possível unir qualidade e agilidade em uma única ferramenta;
  • E tem fé de que o cliente vai entender todas as especificações dos seus desenhos técnicos…

…precisa reconhecer que muitas vezes as coisas não funcionam dessa forma.

Ao agir dessa forma, ou ser incisiva(o) em determinadas afirmações, a gente acaba projetando nossas expectativas e nossas crenças no outro – o que é um grande equívoco.

Com o passar do tempo, notamos que apesar das inúmeras possibilidades que existem ao trabalhar com o LayOut, muitos de meus colegas eram irredutíveis quanto as experimentações dentro da ferramenta.

Até aí, ok! Cada um realmente deve agir de acordo com suas convicções.

No entanto, como citamos anteriormente, é importante evitar projeções, pois isso pode acabar nos atrapalhando e nos levando ao declínio na profissão.

E através dessa nova perspectiva, conseguimos estudar e aprimorar nossas habilidades, a partir das opções disponíveis no LayOut.

Resumindo, descobrimos que ao unir Sketchup + LayOut, a gente tinha em mãos um excelente mecanismo de criação.

Já que através dessa união, é possível extrair todas as informações técnicas do projeto – facilitando o entendimento com o cliente.

E como tudo isso vai te ajudar a se comunicar melhor com as pessoas ao redor?

06

Lembra que falamos sobre a importância de agir com atenção, ouvindo atentamente o cliente para evitar o retrabalho?

É preciso estar atenta(o) as necessidades do cliente, bem como, descobrir qual a linguagem própria para se comunicar com ele.

Portanto, ainda que você:

  • Adore o Cad e não abre mão de trabalhar todos os processos nele;
  • Já se acostumou com aqueles blocos 2D genéricos;
  • E até já separou diversas horas em sua agenda para ficar fazendo revisões.

Hoje estamos aqui para dizer que através do LayOut é possível se comunicar de maneira direta e transparente, sem precisar detonar seu arsenal de criatividade e acabar com seu estoque de energia.

E o que isso influencia em suas apresentações e tomadas de decisão?

07

Essa é fácil de responder!

Quando você utiliza o LayOut consegue:

  • Realizar nele, todas as etapas do seu projeto sem perder a praticidade que você encontra no Sketchup;
  • Criar elevações e plantas humanizadas em segundos, podendo apresentar um projeto fácil de ser compreendido pelo cliente;
  • Ter mais tempo sobrando para captar novos clientes e se dedicar a novos projetos.

Quer saber mais sobre o LayOut, temos outros artigos aqui no nosso blog que fala mais sobre esse assunto.
Compartilhe esse artigo com seus amigos! E nos siga no Instagram!

 

Continue lendo

Outros Artigos

Qual é a lição que podemos tirar do Fyre Festival

Uma das questões que mais negligenciamos no nosso dia a dia é o planejamento das nossas tarefas. 
É possível enxergar em diversos seguimentos como a falta de planejamento pode acabar facilmente com uma empresa ou o trabalho de uma pessoa. 
Um grande exemplo disso é o evento Fyre Festival. O caso ocorreu em 2017 e até hoje é lembrado pela velocidade em que chegou ao gosto do público, e principalmente na rapidez em que virou um verdadeiro fracasso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.