LEV DESIGN

Como perder o medo do 3D e destravar seus resultados

compartilhe

Uma das grandes dificuldades de arquitetos e designers de interiores, está no processo de produção, no que se refere ao trabalho 3D.

Tanto que muitos profissionais nos questionam sobre a qualidade de nossas imagens, e querem saber como tudo é feito de maneira rápida e categórica.

Mas para essas perguntas temos uma resposta bastante direta, porém, muito honesta:

É preciso aprender a agir, apesar do medo!

Obviamente, todo mundo deseja criar apresentações únicas, incríveis e memoráveis!

Por muito tempo esse também foi o nosso objetivo, e não foi por acaso que a LEV nasceu e se desenvolveu ao longo desses últimos anos.

Antes disso, vivemos um período de experimentações, frustrações, erros e acertos…

Então, toda vez que você olhar nosso perfil nas redes sociais e desejar alcançar os mesmos resultados, lembre-se que muito trabalho foi desenvolvido para chegarmos até aqui.

Porém, sua apresentação pode evoluir rapidamente, se você se livrar dos medos ou até mesmo aprender a conviver com eles

superando medos

Entenda que o medo é uma resposta natural do nosso organismo. Ele depende da nossa percepção criada diante das nossas condições.

Geralmente, nós criamos uma condição a partir de algo que nos foi ensinado, ou mesmo, dito como sendo correto e imutável.

E é aí, que precisamos agir!

Um exemplo comum pode ser observado:

  • Ao produzir (ou tentar) um projeto 3D, muitas pessoas se sentem coagidas, por não saberem exatamente como prosseguir;
  • Esse sentimento as leva para uma outra etapa desse processo, onde elas começam a questionar seus próprios resultados;
  • Diante disso, se frustram e consideram seus avanços como sendo algo muito pequeno.

Se sente familiarizada(o) com essa situação?

Se sim, é porque você ainda não sabe como eliminar todas essas preocupações, ou como seguir, apesar delas.

 

O que fazer para lidar com o medo do 3D e realizar grandes projetos?

grandes projetos

Novamente, vamos a uma resposta direta, porém, bastante objetiva:

Tenha clareza do que te preocupa, para entender suas emoções!

Para começar a fazer imagens renderizadas que impressionam seus clientes, seu chefe e todo mundo que for apresentado ao seu trabalho – é preciso conhecer o que te limita e a partir disso, dominá-lo!

Através de um método que funcione como um descritivo do processo, ou seja, que ensine etapa por etapa, você será capaz de identificar os pontos que te oferecem desafios e assim, desatar nó por nó, até seu 3D ficar impecável!

Portanto, tudo o que precisa ser feito é:

  1. Encarar o medo e se desfazer dos anseios.
  2. Encontrar uma metodologia no qual funciona para você, e assim te guiar com o passo a passo das etapas, e a sequência correta que cada uma delas precisa ser executada.
  3. Praticar, praticar e praticar.
  4. Entender que o resultado extraordinário vem em médio/ longo prazo.
  5. Ou seja, tenha paciência no processo. A prática constante leva a perfeição, ou algo próximo a ela.

Porque na verdade, não existem desculpas quando se tem em mãos uma boa ferramenta de aprendizado.

Nós da LEV levamos muito tempo para compreender como isso funciona, e como através da prática regular podemos encantar nossos alunos e clientes com bastante satisfação!

Para nós é imprescindível que todos aprendam a eliminar ou a lidar com tudo aquilo que possa detonar sua criatividade, dizimando suas chances de se destacar no segmento.

Então, mãos à obra, coloque essas dicas em prática agora mesmo!

Conhece alguém que ainda tem medo de modelar em 3D? Mande esse artigo para ela(e)!

Continue lendo

Outros Artigos

Qual é a lição que podemos tirar do Fyre Festival

Uma das questões que mais negligenciamos no nosso dia a dia é o planejamento das nossas tarefas. 
É possível enxergar em diversos seguimentos como a falta de planejamento pode acabar facilmente com uma empresa ou o trabalho de uma pessoa. 
Um grande exemplo disso é o evento Fyre Festival. O caso ocorreu em 2017 e até hoje é lembrado pela velocidade em que chegou ao gosto do público, e principalmente na rapidez em que virou um verdadeiro fracasso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.