LEV DESIGN

Como destacar seus projetos com uso das redes sociais.

compartilhe

Introdução

Não é mais novidade que a internet veio pra mudar o tipo de pesquisa e busca por serviços em praticamente todas as áreas.
Seja beleza, saúde, alimentação…. em tudo mesmo.

E nas áreas de arquitetura e interiores não é nada diferente.

Mesmo que você tenha uma indicação boca a boca (que é a mais forte e traz mais resultado) ainda assim, esse possível cliente, antes de te acionar para um orçamento, vai verificar a sua presença nas redes sociais.
A área de atuação dos arquitetos e designers é praticamente visual, e esse reforço por imagens e fotos é a vitrine do seu trabalho.

A ideia principal

Então a pergunta que fica é: como me destacar entre muitos?

Nesse post vamos explorar algumas estratégias e mostrar como você pode analisar tendências e segmentos na área, e usar essas informações para criar projetos e ambientes únicos.

O que você deve levar em consideração para aplicar essa tática?

Existem várias formas de se destacar com os seus projetos mantendo a linha que mais conversa com o seu estilo e que é o que você já faz no seu dia a dia.

Aqui a ideia é pegar carona em alguns temas que estão sendo apresentados em feiras, mostras, apresentados como tendências, e incorporar aos seus projetos como algo único e que tenha a sua assinatura.

E como você pode fazer isso?

Calma que esses são os nossos próximos tópicos.

Como se destacar

Você deve estar imaginando em ter que fazer um espaço desses, ou ainda, ficar esperando o cliente perfeito cair no seu colo para só assim liberar a criatividade (e a grana) para você trazer o que tem de melhor e mais novo no mercado.

A gente sabe que não é assim que a banda toca.

Então antes de entrarmos no assunto tendências, vamos falar sobre um tópico importante que vai ser a base pra que seu trabalho alcance destaque.

A primeira visão que você tem que ter é se no seu segmento de trabalho você atua em algum nicho específico.

Ou seja, um tipo de projeto que você costuma fazer com mais frequência do que outros.

Hoje vemos muita gente dentro do mercado diversificando o seu trabalho para outras áreas que não sejam só interiores residenciais.

Existe uma variação gigante de projetos que você pode se aprofundar.

Olha aqui uma lista que está completamente alinhada com a produção de espaços mas que não precisam atacar em um só segmento:

 

Interiores

    • Quarto Infantil
    • Quarto Hotel
    • Apartamentos
    • Cenografia
    • Marcenaria
    • Vitrinistas
    • Visual Merchandising
    • Escritórios
    • Lojas
    • Residenciais
    • Eventos
    • Feiras
    • Desfiles
    • Casamentos
    • Festas

 

Arquitetura

  • Restaurantes
  • Arquitetura Residencial
  • Paisagismo
  • Arquitetura Corporativa (Shoppings)
  • Planejamento Urbano
  • Incorporação
  • Venda Imobiliária
  • Loteamentos
  • Projeção de Terrenos

 

Você pode fazer um perfil mais focado no nicho (ou até mesmo sub-nicho). Por exemplo: se o seu nicho for trabalhar com lojas, o sub-nicho pode ser lojas infantis.

Quando você começa a reforçar um estilo ou mesmo um tipo de projeto, fica muito mais fácil de ser reconhecido por ele.

E é obvio que você não precisa restringir, mas direcionar é muito interessante porque te dá destaque.

 

Tendências

Mas o que isso tem a ver com as tendências? Você deve estar se perguntando….

Quando você define seu nicho fica mais fácil de visualizar o que acontece ao redor. Traduzir o que você quer colocar no seu espaço, com a sua visão dentro do mercado é que vai fazer esse trabalho ser único.

Isso pode ser traduzido através de uma “curadoria” com fotos e imagens de lugares que você visitou, sejam lojas, mostras etc. E com a visão voltada para o seu nicho.

Além disso você pode criar um portfólio totalmente em 3D de espaços com as cores do ano, as últimas referencias de decor etc, de forma completamente virtual.

Esse artificio é muito poderoso pois passa mesmo de forma simulada, a capacidade que você tem de pensar e produzir o espaço.

E você consegue testar todas as ideias que você tem sobre o nicho sem se comprometer com obra, execução, fotógrafo, produção etc.

Além de que hoje já é uma necessidade do cliente ver tudo “em 3D”. Você pode se adiantar e criar esses espaços dando a sua visão dentro das tendências do momento.

 

Conclusão

É muito importante você perceber a direção do mercado e entender as tendências que estão em movimento.

E mais importante que isso, é descobrir que tipo de projeto pode transformar você em uma referência de trabalho e dar ainda mais destaque a sua marca no mercado, trazendo a sua visão dentro desse movimento de tendências.

E você, já tem uma visão de qual seja o seu nicho? Conta pra gente aqui nos comentários.

Continue lendo

Outros Artigos

Qual é a lição que podemos tirar do Fyre Festival

Uma das questões que mais negligenciamos no nosso dia a dia é o planejamento das nossas tarefas. 
É possível enxergar em diversos seguimentos como a falta de planejamento pode acabar facilmente com uma empresa ou o trabalho de uma pessoa. 
Um grande exemplo disso é o evento Fyre Festival. O caso ocorreu em 2017 e até hoje é lembrado pela velocidade em que chegou ao gosto do público, e principalmente na rapidez em que virou um verdadeiro fracasso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.